Prédio na Calçada de São Lourenço, Lisboa, Portugal

O edificio, de construção inicial pré-pombalina, tem uma área de implantação e encontrava-se em avançado estado de degradação. As obras de alteração converteram os apartamentos de tipologia T2 em T1, tendo como principal objectivo a adaptação do imóvel às condições minimas de habitabilidade, com niveis de conforto adaptados ao modo de vida actual. Introduziu-se uma instalação sanitária por habilitação e relocalizaram-se as cozinhas de modo a que os quartos usufruam de illuminação e ventilação natural.                      alçado

                      planta R/C

                  planta 1° e 2° andar

                     planta àgua furtada